terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Estação de São Bento

Titulo: Railway Station Clock - Estação de São Bento - Porto
Fotógtrafo: Leonardo Patrizi
Colecção: E+
Já reparaste rapariga! Ainda ontem era Dezembro e pelo andar da carruagem amanhã Dezembro será!
Caramba, como um ano passa depressa, e a gente nem se dá conta! Também não admira, quando a unidade de medida se limita à contagem de uns míseros 31 dias…
Pois é! Mas enquanto o resto do tempo levanta voo, nós, os comuns mortais, cortamos caminho em sentido contrário como quem dobra o tempo na força do braço de ferro. Para além de que, como seres umbilicais e petulantes que somos, fazemos tábua rasa da nossa condição frágil e humana, tomamos como adquirido a nossa maior importância, e não lhe reservamos, ao tempo, um lugar sentado ao nosso lado durante a viagem.
Sabes rapariga! Quiçá amanhã, a traça da Estação de Dezembro se faz modelo, e contagia a traça das demais Estações e Apeadeiros que nos contam de Janeiro ao resto do ano inteiro. Quiçá, um dia até perdemos o medo e abrimos a mão, e o coração, e abraçamos a vida conforme ela é nos é servida no prato do dia, e aí talvez, o tempo até seja generoso connosco e nos concede um par de asas para rasgarmos o ar a seu par.

E agora para terminar, e como estamos na recta final do itinerário anual, que é sorvida como se não houvesse amanhã como se fosse a única paragem digna de festejo do ano inteiro, deixo-vos na companhia da “Estação de São Bento”, a estação de eleição da minha Cidade Invicta. O belo poema de Henrique Manuel Bento Fialho extraído do seu livro de poesia contemporânea “Estação 2012” publicado pela Mariposa Azual.

“Não queremos ver o que se esconde dentro da névoa.
Fecharmos os olhos, manearmos a cabeça,
para não vermos o que, supomos, se esconde dentro da névoa.
Num dia de Primavera, com a chuva a levantar da terra
o cheiro das coisas em decomposição.
Ao fundo por cima das árvores, as nuvens bailando,
fazendo tremer os dias. Ele estava triste em 1974.
Ninguém compreenderá este cansaço silencioso
com que acordamos todos os dias para a morte,
os dois, estranhamente separados pelo tempo,
talvez por esse mesmo tempo que se esconde dentro da névoa
e que nós não queremos ver, não queremos entender.
Olho, do outro lado da rua, a roupa esvoaçando num estendal.
Há uma tristeza que se anuncia na forma delicada
com que olhamos, os dois, estas coisas.
Um fio de sangue a escorrer-nos dos olhos,
um fim doloroso à nossa espera, um sonho errante.
Em silêncio te digo, descansa em paz os teus tormentos.
Breve, voltaremos a cheirar a terra que ora se levanta.”

Por fim peço-vos; relevem o meu estado de espírito aziado, e mais vos peço que nunca se esqueçam que a vida é um presente digno de ser desembrulhado com entusiasmo todos os dias do ano, independentemente dos rigores e das adversidades do tempo que nos vão queimando às prestações..
Resumindo e baralhando, façam por serem felizes e por fazerem alguém feliz. Quanto a mim apenas vos digo que vos guardo e vos estimo na minha teia o ano inteiro, e por isso desejo-vos tudo de bom e assim.

Beijos e Abraços

Sandra

31 comentários:

  1. Obrigada a ti pela teia de palavras que me ofereces em cada texto teu. São pedaços de ti e do teu tempo que apanho e guardo na gaveta dos afectos.
    És uma mulher linda, por dentro e por fora. Nunca te esqueças disso.
    Boas festas Sandra
    Um beijo enorme

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Até me fizeste chorar, assim não brinco ;)
      Quero-te muito bem minha querida...
      Muito Obrigada por fazeres parte de uma parte da minha vida.
      Fica o meu beijo no teu beijo e um abraço de peito aberto e coração cheio.

      Eliminar
  2. Sabes, rapariga, isto está mesmo rés-vés (não a Campo de Ourique por causa das rivalidades Porto-Lisboa!), mas ao óptimo. E ainda por cima tem comboios, os meus queridos pouca-terra junto aos quais vivo há trinta e dois anos e cumpro itinerários bem jeitosos no interior deles.
    Que os teus desejos e pedidos se cumpram amiúde.
    Beijos, Sandra.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabes Isabel, eu só desejo ter saúde para poder ver as minhas sementes darem fruto.
      Quanto ao resto, o que bem se semear melhor se colhe. Tento fazer desta premissa o meu lema de vida.
      Fica um grande beijo e o meu profundo obrigada, pois tu fazes a diferença na vida e também em mim.

      Eliminar
  3. Também te guardo em mim pelas tantas partilhas, momentos, noites que por aqui e noutros locais passámos.
    Festas felizes, dias felizes e tudo de bom para ti e os teus amores.
    Um grande beijinho Sandra.:))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Helena, o tempo tem estado a nosso favor, faz de nós o que fomos ontem e o que somos hoje, duas almas amigas e genuínas.
      Fica um beijo com muito carinho e amizade e desejo-te tudo o que possa haver de bom neste mundo.

      Eliminar
  4. Sandraaaa...ando ausente mas sempre deito um olho "nas" pessoas que recordo com carinho e com sorrisos ;))

    Beijo grande e Boas Festas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá olá, BC :)))
      Que bom saber-te bem. Faço das tuas palavras às minhas, se me permitires, obviamente. A ausência não significa ausente, como te entendo bem.
      Fica um beijo enorme e votos de Boas Festas, para ti na companhia dos Teus:)

      Eliminar
  5. Gosto de me deixar enredar nesta teia!

    Boas Festas, Sandra, e um beijo. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eu Gosto muito de Ti, Maria :)
      Obrigada, fica um beijo com carinho.

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Beijinhos de volta, Til :)
      Votos de Bom Natal para o ano inteiro.

      Eliminar
  7. Beijinhos Sandra. Que tenhas Saúde e Alegria e que assim seja com os que amas. Bem hajas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Luís, isso é que é realmente o mais importante. Tudo o resto, com mais ou menos pontapé, se resolve.
      Muito Obrigado, Luís :)
      Fica um beijo com Estima.

      Eliminar
  8. Teias que tecem o pensamento de quem a lê,
    .
    Continuação de boas festas
    .
    Deixo cumprimentos e carícias

    ResponderEliminar
  9. Sandra.... lindo o texto!!
    Isso de desembrulhar a vida como presente é algo fantástico de se ler.
    És mesmo bela....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Moço simpático de terras além mar :)
      És sempre muito generoso nas palavras com que me acolhes.
      Obrigado, e não te esqueças, volta. Tu não sabes, mas sabias que me deixas saudades ;)
      Votos de umas boas festas, hoje, amanhã e sempre:)
      Fica um beijo daqui até aí.

      Eliminar
  10. É isso mesmo, querida Sandra. A vida não é fácil, mas pode ser muito bela se escutarmos a música que ouvimos quando todas as vozes dentro de nós se calam. Temos de encontrar a beleza em nós para poder encontrá-la no exterior. E tu, Sandra (podemos tratar-nos por tu?), sabes disso. É uma inspiração ler-te.

    Um beijinho de amizade :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Miss Smile, é com muita honra, o trato entre nós, por Tu :)
      Muito Obrigada MS, o teu espaço é um porto seguro, que nem um farol que ilumina até ao fim da rota, a referência que me dá forças para continuar a acreditar em nós, enquanto seres de raça humana.
      Bem Hajas MS.
      Beijinho com muita estima e amizade.

      Eliminar
  11. A melhor maneira de sair é seguir em frente com motivação, FELIZ ANO 2016.
    AG

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado AG.
      Em frente é que é o caminho:)
      Bom Ano.

      Eliminar
  12. Independentemente da magnifica publicação,
    .
    Está a chegar o fim do ano 2015. Vai, logo mais, entrar o ano 2016. O blogue: http://deliriosamoresexo.blogspot.pt/ ...
    deseja-vos um ano novo cheio de amor, saúde, companheirismo, humildade, amor pelo próximo.Por vezes um sorriso vale mais que todo o dinheiro do mundo.
    FELIZ ANO DE 2016
    .

    ResponderEliminar
  13. Sandra,
    A vida é mesmo um delicado e grandioso milagre. Assim a saibamos sentir, assim a saibamos cultivar.
    Um Feliz 2016! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AC, é verdade sim, é preciso cultivar bem, para colher melhor :)
      Feliz Ano, AC.

      Eliminar
  14. Olá Minha Pitokinha, assim és para mim, foste ontem, és hoje, e serás amanhã e para sempre...
    Não te tenho escrito nada mas leio-te sempre, não o faço por ficar mudo e sem palavras, pois vejo muito de mim, de ti, de nós aqui impresso e tecido nesta tua fabulosa teia...
    Continua a ser assim, nunca mudes!
    Continuas a ser o teu, o meu o nosso porto seguro...
    Infelizmente não vamos poder estar juntos em Família a celebrar o fim de 2015 e o novo 2016, mas tenho e levo-vos comigo no meu coração.
    Um beijo de quem te admira e ama ainda mais ;)
    Jorge Louçano

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :))))
      Gostei muito da tua surpresa, foi a prenda de Natal mais bonita que recebi.
      Beijinho e até logo :)

      Eliminar
  15. Oh que bonito, é com um enorme prazer que também pertenço a esta casa, como espectadora de letras, as tuas palavras! :)

    Gosto de ti, sabes? :)

    Desejo-te um ano cheio de coisinhas boas, Sandra. :)

    Um enorme beijo, assim do tamanho do mundo. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha Doce Menina de Coração Puro, também gosto muito, mas mesmo muito de Ti :)
      Retribuo esse beijo com muita emoção.
      Bom Ano, Menina Doce.

      Eliminar
  16. Em todos os seus apeadeiros

    sempre belas as verdades improváveis

    ResponderEliminar