sábado, 26 de março de 2011

Por Vezes...


























Por vezes me sinto perdida
jogada num canto esquecida
Andas Cego,
andas Surdo,
e sempre Mudo!
Não me vês,
não me ouves,
nem palavra me atreves...
Ecos dos meus  sentidos
chegam aos teus ouvidos
em grunhidos distorcidos...
Pára por um momento,
e escuta o lamento,
do meu apelo em desespero.
O tempo urge,
o abismo já mete medo!
Olha-me por um só dia!
Só quero um instante da tua vida!
Sente-me,
Entende-me,
Toca-me,
Preenche-me.
Dá-me um sopro de alegria
Quero suspirar Poesia,
na minha breve Estadia!

Sandra Louçano

video

"Sometimes"

quinta-feira, 17 de março de 2011

Ella

























Ella, no papel faz a fita
d’um figorino de vida,
Alma que o palco agita
quando ri, chora e grita

Ella cai e se levanta,
salta, pula e canta,
encanta e se desencanta,
e nunca perde a esperança

Ella corre e percorre
rumo ao fio de (a)prumo
reencontra o seu Norte
num trilho longo e profundo

Ella dança e se esqueçe
na asa da pena que tece
O pano cai, a cortina desce,
o vermelho a preenche,
e, Ella adormece

Sandra Louçano
video

"Je Suis Moi" - SHY'M

sábado, 5 de março de 2011

Ping, ping, ping



Ping, ping, ping
Cairam pingas no chão
Ping, ping, ping
Vertidas do meu coração
Ping, Ping, Ping
Foram lágrimas de Solidão


Sandra Louçano

video

"The Voice of Enigma" - Enigma 

quarta-feira, 2 de março de 2011

Mãos Desertas


Minhas Mãos te tocam,
te cantam e te encantam.
Minhas Mãos te choram,
te gritam e te chamam.
Minhas Mãos desesperam
te procuram e não te encontram.
As tuas Mãos? Onde estão?
Sem elas, as minhas Mãos Desertas são,
e aí, por caminhos incertos se vão.

Sandra Louçano

video

"Stay" - Hurts