quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Morte lenta

DAJ


























Haja sede de matar
a fome
na morte lenta.
Só o suco da tormenta
dá vida
e acrescenta.

Nada se perde

tudo se transforma.
Até o tempo dobra o tempo
e ganha forma
de resposta.

8 comentários:

  1. A morte lenta é a pior.
    Como entristecer lentamente é muito difícil.
    Beijo e bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Beijinho de volta, Isabel:) e bom fim-de-semana.

      Eliminar
  2. A mais dolorosa...
    Mas talvez a melhor coisa de uma noite perdida...

    Quest...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A morte lenta é sempre a mais dolorosa.
      Nunca morres, vais morrendo devagarinho...

      Eliminar
  3. Até o tempo dobra o tempo.
    Verdade, essa angustia.
    Beijinho Sandra.:)

    ResponderEliminar