domingo, 23 de agosto de 2015

Citação

Mercuro B Cotto


























"Ela sofria,
mas escondia 
a dor
maravilhosamente 
bem!". 

Assim escreveu a filha 
sobre a sua mãe.

ao

18 comentários:

  1. Parece um paradoxo. Ou talvez não. Talvez que só agora com a sua vivência a filha tenha compreendido o sofrimento e a dor de sua mãe.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha M. Inês, também já começa a sentir o peso da lágrima. Obviamente à escala do sentir de uma adolescente. Mas nesta idade tudo tem uma dimensão gigante, perante a ingenuidade e a autenticidade que lhe és inata.
      Acredito que ela faça uma análise comparativa, entre o sentir de duas mulheres que para além de serem mãe e filha, são confidentes uma da outra e as melhores amigas.
      Obrigado Luis, deixo um beijo.

      Eliminar
  2. Sofrer em silêncio não é tarefa fácil, mas tão necessária :)
    Um beijo grande Sandra

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O silêncio é necessário, por uma questão de sobrevivência e de proteção aos nossos.
      Retribuo esse beijo grande com muito carinho:)

      Eliminar
  3. A arte do disfarce que faz doer ainda mais o que já doía... O desamparo do sofrimento solitário disfarçado num sorriso.

    Beijos, Sandra. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As máscaras não são necessariamente más, por vezes são um mal necessário. E olha que há delas muito bonitas, cheias de glamour e alegria.
      Deixo um beijo grande para ti, Maria :)

      Eliminar
  4. Se eu soubesse o que sei hoje
    Teria pedido um dia para não sair
    donde um dia entrei...

    Quest...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E porque não voltas?
      Lindo o teu desabafo.
      Deixo um beijo, Quest.

      Eliminar
    2. Senhora minha mãe
      Que a terra um dia vai comer
      Chorou água salgada
      Para fazer a cria feliz
      Guardando uma mágoa incurável...

      Beijo.

      Quest...

      Eliminar
    3. Uma mãe faz tudo pela felicidade de um filho. Tudo.
      Um bem haja para ti e para a tua mãe que deitou à terra uma semente bonita. Tu:)
      Beijo

      Eliminar
  5. O sofrimento é, por vezes, mudo. E é no seu silêncio que há uma dignidade exemplar.

    Um beijinho, querida Sadra

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Miss Smile, os meus olhos na maior parte das vezes falam mais que qualquer palavra que possa proferir. Ultimamente as minhas palavras têm-se remetido ao silêncio...
      Beijinho de volta, querida MS:)

      Eliminar
  6. Talvez haja um determinado tipo de sofrimento que precisa de recolhimento. Eu revejo-me neste entendimento.
    A foto é linda, Sandra.
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sou muito egoísta, Isabel. Refugio-me sempre dentro do meu mundo, onde só existo eu e aqueles planos paralelos que deitam vãos de portas e janelas para horizontes de perder de vista. Digamos que é a minha zona de conforto, onde estabeleço margens de segurança, para me proteger de mim e para proteger os meus de mim.
      Este autor tem fotografias lindas, esta é uma das minhas preferidas dele.
      Beijinho grande, Isabel.

      Eliminar
  7. Triste, mas gostei

    Ps:Mudei o Linke do nosso blogue erótico, deixo o actual,

    http://anseiosedevaneiossexuais.blogspot.pt/

    Obrigada, gostava que nos linkasse

    Obrigada, beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Larissa :)
      Visitar-vos-ei.
      Beijo retribuído.

      Eliminar
  8. Sandra,
    Essa é a descrição dum retrato intemporal.

    Um beijinho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida :)
      Uma mãe aos olhos dos filhos tem aquela capacidade de protecção para além do que um ser humano tem capacidade de comportar.
      O sorriso nos lábios é sempre um porto seguro.
      Beijinho AC.
      Gosto de o ter por aqui :)

      Eliminar