domingo, 24 de abril de 2011

Quero Dormir















Preciso parar,
pensar e reflectir
Quero voltar a me encontrar
Quero voltar a sentir

Arrasto-me numa mente cansada
morada de uma alma rasgada
Me deito e me levanto sem destino,
perdido é o Norte do Caminho

Grito, do avesso me viro,
olho adentro em ecos de vazio
Já não penso, já não sinto,
nem ao espelho me vejo

Quero Sair Daqui!
Abandonar os restos de imagens turvas
e as sombras do medo!
Quero fugir!

Difícil é ficar e lutar pela Verdade que deixou de Existir
É facil viver no Conto
do faz de conta que o “Eu” conta

Sorrisos postiços
Abraços forçados
Palavras desertas, e bem colocadas
Titulos e adornos bonitos
E lá começa o circo,
e lá se compõe o ramalhete
com Artes de Brilharete

Valerá a pena lutar?
Quando a Alma do Poder
Já não sabe ser,
já não sabe estar!...

Não!
Sou cobarde! sim!
Já não levam mais nada de mim!
Vou partir!
Deixem-me!
Quero dormir!

Sandra Louçano

video

"Illuminated" - Hurts

Sem comentários:

Enviar um comentário