sábado, 26 de março de 2011

Por Vezes...


























Por vezes me sinto perdida
jogada num canto esquecida
Andas Cego,
andas Surdo,
e sempre Mudo!
Não me vês,
não me ouves,
nem palavra me atreves...
Ecos dos meus  sentidos
chegam aos teus ouvidos
em grunhidos distorcidos...
Pára por um momento,
e escuta o lamento,
do meu apelo em desespero.
O tempo urge,
o abismo já mete medo!
Olha-me por um só dia!
Só quero um instante da tua vida!
Sente-me,
Entende-me,
Toca-me,
Preenche-me.
Dá-me um sopro de alegria
Quero suspirar Poesia,
na minha breve Estadia!

Sandra Louçano

video

"Sometimes"

Sem comentários:

Enviar um comentário