terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Sete Trancinhas e Uma Borboleta


“Uma, duas, três, quatro, cinco, seis, sete…
Sete trancinhas muito espetadas, muito direitas na cabeça da Sandra.
Sete trancinhas que a mãe lhe fez com muito jeito e muita paciência, sentada á porta de sua casa, enquanto ia cantando uma canção.
A Sandra chegou á escola toda bonita.
As amigas fazem uma roda á volta dela e dizem:
-Ai que linda! Ai que linda que tu estas!...
E uma borboleta que ouve as meninas vem também para a roda e poisa, toda contente, numa trancinha da Sandra”.

Enquanto supervisionava os trabalhos de casa da escolinha da minha filha, reparei neste texto que ela trouxera para casa para dele fazer uma cópia. Básico, recheado de cor e alegria, despertou-me a atenção pelo nome a que se referia. De repente, dei por mim numa viagem ao passado onde na vida tudo acontece por magia!...Por momentos, passei a ser a filha da minha própria filha…Que bem que me soube…Que bem que me sabia voltar a ser pequenina!

Sandra Louçano

video

"Memories" - Within Temptation

Sem comentários:

Enviar um comentário