domingo, 23 de março de 2014

O "Se" do "Quase"























Título: Break-Up
Fotógrafo: Thurston Hopkins
Colecção: Hulton ArchiveInf

Vem casar o teu “Se” com o meu “Quase”
numa cerimónia de gala
"Quase" em jeito de música clássica.
Cala os olhos, cala a fala,
embala o ouvido e deixa o pulsar da vida entranhar
no ondular desta silhueta marmoreada.
Sente-me na harmonia das arpas e das flautas,
sente-me no grito dos violinos,
no arrufar dos bombos e tambores,
e no toque do ferro nos ferrinhos.
Sente-me ainda na resistência da corda,
não da corda do tempo gasto,
mas na corda do piano que ainda toca aquela musica
que nos aconchega o coração
e nos devassa a alma.
“Se" no fim do concerto o “Quase” perder o medo,
desenrola o novelo do desejo,
dança-me o "Se" desse dueto,
e mata-me num beijo “Quase" (im)perfeito.

2 comentários:

  1. Não gosto de "ses" ... sabem ao quase que pode nunca ser.
    Mas adorei a foto e o texto.:)
    Deixo um beijo em ti mulher do norte :)

    ResponderEliminar