domingo, 15 de setembro de 2013

Estranho Amor

Título: Love
Fotógrafo: Olena Chernenko
Colecção: Vetta

Sempre que vertes uma lágrima,
o teu sangue corre-me as entranhas,
a dor queima-me as veias
e deixa-me o corpo em chamas.
Entre nós o amor é assim, estranho.
Vai para lá além do entendimento e da razão,
confunde-nos, fere-nos,
e testa-nos ao ponto de atingirmos o pico da exaustão.


Sem comentários:

Enviar um comentário