quinta-feira, 18 de abril de 2013

Metamorfoses

















Título: Metaformation
Fotógrafo: Olena Chernenko
Colecção: Vetta

Com o passar dos anos,
dei conta que sou escrava da alma,
só ela me devora por dentro e por fora.
Mas
quando me encerro
no seu poder de vitória e de derrota,
dou conta que tudo em mim e tudo à volta

é insignificante, e nada mais importa.
E é nesse preciso momento, quando a hora dobra o tempo

que tudo me transforma em sombras, fumos e vento.

3 comentários:

  1. A fotografia e certas entrelinhas deste texto evocam-me Poe...
    Uma escuridão que nos encarcera uma espécie de escravidão...

    ResponderEliminar