domingo, 13 de fevereiro de 2011

(S)ereia


Olhar de menina
Meio-corpo de mulher
Toda a hora desatina,
esteja ela onde estiver!

Pele branca e macia,
olhos verdes a brilhar
Cabelo solto e revolto
à deriva no alto mar!

Menina irreverente,
impossível de domar.
Mulher  descrente, 
não se deixa resgatar.

Tem coração de leão
com muito amor a bater,
está longe da sensação,
está triste, está a sofrer...

Naufraga no mar então,
sem ele não sabe viver
Pois corpo sem coração,
não tem vida, só pode morrer!

Sandra Louçano
video

"Siempre Me Quedara" - BEBE



Sem comentários:

Enviar um comentário